DJb5erjM4M (1)

Maio Amarelo – dicas para reduzir a quantidade de acidentes de motos no trânsito

O Maio Amarelo é a campanha de conscientização sobre segurança no trânsito que é direcionada para todos os públicos que transitam vias públicas – motoristas de carros, motos, outros veículos e pedestres.

Uma notícia divulgada no site do Senado, em 2011, de 72, 4 mil internações de vítimas de acidentes de trânsito, 35, 7 mil são relacionados a motos (ou seja, 49,30%), de acordo com o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

Por isso, estamos aqui para dar cinco dicas bem importantes para você, ao andar de moto, rodar com tranquilidade e liberdade!

1. Ao usar celular, use apenas GPS com os equipamentos devidos!

Se você precisa usar um GPS, tanto o aparelho quanto do seu celular, a lei requer que você tenha um suporte para acoplar no guidão da moto. Dessa forma, reduz as chances de distrações e, como consequência, os acidentes!

2. Faça ultrapassagens apenas pela esquerda

Se for necessário fazer uma ultrapassagem, nunca a faça pela direita! Motoristas de demais automóveis não esperam ultrapassagens por esse lado. A orientação é que tanto carros quanto motos devem realizar uma ultrapassagem pela esquerda.

3. Use capacete e demais acessórios

Por lei, apenas o capacete se faz obrigatório nas posses de quem adquire uma moto. Contudo, quanto mais peças de segurança, os riscos são menores! Jaquetas, luvas e até calças com placas anti-impacto reduzem as chances de danos maiores a quem pilota a moto!

Ainda de acordo com o Denatran, as hipóteses de morte em um acidente de trânsito com moto são 20 vezes maiores que acidentes comuns. Mas, um acidente de moto em que o motociclista não esteja usando capacete, são 60 vezes maiores.

Por isso, use capacete sempre que for andar de moto!

4. Sempre fique visível para os outros

Muitos acidentes ocorrem por motociclistas permanecerem em pontos cegos de outros motoristas. Por isso, tenha noção da sua localização e espaço e ajude o seu colega! Fique em ângulos visíveis e preserve vidas!

5. Respeite a sinalização

Parece um aviso trivial, mas, muitos motoristas, sejam de carros, motos ou caminhões esquecem de o fazer, resultando em acidentes. É um cuidado básico que devemos ter diariamente ao sair dos nossos lares.

Vale ressaltar:

O Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) e o Ministério da Saúde e Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) advertem que 73% de todos os casos de acidentes de motos em que o motociclista sai com vida, comprometem os membros inferiores.

Cuidado no trânsito é, além de preservar a própria vida, salvar outras também. Por isso, ao adquirir a sua moto, cuide do próximo assim como você quer que ele cuide de você!

Agradecemos a sua leitura e esperamos ter ajudado! Para mais novidades, siga-nos nas redes sociais – estamos no Facebook e no Instagram!